Livros-Recomendados

A Divina Comédia, de Dante Alighieri

November 17, 2013 | Por | 1 Resposta Mais

Clique na capa do livro para começar a ler “A Divina Comédia”

1/2

2/2

Você também pode encontrar este livro em: Google Drive | AnonFiles

INFORMAÇÕES SOBRE O LIVRO
Título: A Divina Comédia
Autor: Dante Alighieri
Gênero(s): Poesía, Épico
Ano de Lançamento: 1265-1321
Formato: .pdf
SINOPSE
Obra-prima de Dante Alighieri, A Divina Comédia exerceu grande influência em poetas, músicos, pintores, cineastas e outros artistas nos últimos setecentos anos. Dante, o personagem da história, narra, em forma de poema, uma odisséia pelo Inferno, pelo Purgatório e pelo Paraíso, descrevendo cada etapa da viagem com detalhes quase visuais. Nessa viagem é guiado, no Inferno e no Purgatório, pelo poeta Virgílio, e no Céu por Beatriz, musa do autor em várias de suas obras.
BIOGRAFIA DO AUTOR

Dante Alighieri (1265-1321) foi escritor e poeta italiano. “A Divina Comédia” tornou-se um monumento para a literatura e para o mundo. Foi escrita em três partes, Inferno, Purgatório e Paraíso, numa viagem além-túmulo, onde Dante é o personagem principal.Dante Alighierei (1265-1321) nasceu em Florença na Itália, no dia 1 de junho. Aos nove anos conheceu Beatriz, que seria a musa de suas obras. Em 1283, por ordem da família, casa-se com Gemma Donati, com quem teve três filhos. A ela e aos filhos Dante jamais se referiu em todos os seus escritos.
Recebeu do poeta Brunetto Latini a curiosidade intelectual e o hábito da reflexão. Estudou gramática, retórica, dialética, música, astronomia, geometria e aritmética. Em 1292 escreveu “Vita Nuova” que é um canto de louvor a sua amada Beatriz.
A vida em Florença era insegura, os nobres e o povo viviam em conflito. Em 1294, com a eleição do papa Bonifácio VIII, a situação se agravou. O desejo do papa era restaurar o domínio da igreja, na Toscana. O poeta Dante jamais se isolou das lutas que agitavam a cidade. Em 1302 Florença estava ameaçada de ser invadida por Carlos de Valois, aliado do papa. Dante segue para Roma numa comissão formada por três membros.
Quando estava pronto para voltar, Florença já estava sob o domínio dos invasores, e no dia 27 de janeiro, Dante foi acusado de corrução no desempenho de cargo público e condenado a pagar pesada multa. No dia 10 de março a sentença foi modificada e Dante seria queimado vivo se ficasse em Florença. Exilado vagou pelas cidades de Verona, Bolonha e Ravena.
Danti Alighieri, escreveu entre os anos de 1304 e 1307 as obras “O Convívio, “De Vulgari Eloquentia” e o tratado político, em latim “De Monarchia”. Em 1317, a primeira parte da “A Divina Comédia” já era conhecida. A segunda parte foi publicada em 1319 e a terceira após sua morte.
A Divina Comédia é formada de três partes, Inferno, Purgatório e Paraíso. Cada parte é composta de 33 cantos. Um canto que serve de introdução perfaz um total de 100 cantos. Dante é o personagem principal do poema. A obra foi concebida como uma viagem ao além-túmulo. O Inferno começa numa selva escura onde o poeta se encontra perdido. Vem ao seu encontro Virgílio, encarregado por Beatriz de guiar seu amado através do Inferno e do Purgatório. Percorrendo o Purgatório, Dante e Virgílio encontram-se numa ilha perdida no meio do oceano, do outro lado do mundo. Nela se ergue a montanha do Purgatório e no cume a bela floresta do Paraíso.
Dante Alighieri morreu em Ravena, no dia 14 de setembro de 1321.

Categoria: Dante Alighieri, Poesía

Comentários (1)

Trackback URL | Feed RSS para comentários

  1. Pâmella says:

    Existe um aplicativo desse site? Se não, deveria :)

Deixe um Comentário