Livros-Recomendados

Um blog para os devoradores de livros com críticas e sugestões

A Origem Da Tragédia, de Friedrich Nietzsche

A Origem Da Tragédia, de Friedrich Nietzsche

Este livro é mais um estudo sobre a decadência de um gênero teatral do que propriamente uma Investigação histórica ou uma incursão mítica na esfera da vida sobrenatural. Representa, em primeiro lugar, uma homenagem a Richard Wagner, uma interpretação dos seus dramas musicais como obras de arte totais que igualam às tragédias antigas.

June 1, 2014 | Por | Resposta Mais
A Onda, de Susan Casey

A Onda, de Susan Casey

Surfe, adrenalina e teorias científicas avançadas são os ingredientes de A Onda, que investiga um dos fenômenos naturais mais impressionantes. Numa narrativa de tirar o fôlego, a jornalista Susan Casey acompanha surfistas radicais, cientistas de ponta e marinheiros pelos trechos mais temíveis do oceano em busca de ondas gigantes, e em seu relato sentimos toda a emoção de ver de perto verdadeiros monstros aquáticos. A autora mostra, ainda, a indústria em torno do surfe, que movimenta milhões de dólares em patrocínio e permite que muitos atletas se dediquem a levar o esporte a suas máximas possibilidades – mas que também expõe dezenas de amadores aos perigos do oceano.

June 1, 2014 | Por | Resposta Mais
Pantaleão e as Visitadoras, de Mario Vargas Llosa

Pantaleão e as Visitadoras, de Mario Vargas Llosa

Pantaleão Pantoja, um capitão recém-promovido do exército, recebe uma missão inesperada: criar um serviço de prostitutas para as Forças Armadas do Peru isoladas na selva amazônica, dentro do mais absoluto sigilo militar.
O capitão tem que se mudar para Iquitos, se manter afastado dos demais militares, usar trajes civis e, acima de tudo, não contar nada à mãe e à mulher. É obrigado a trabalhar nas madrugadas, bebendo em bares infectos, e cuidar do empreendimento com personagens insólitos.

May 25, 2014 | Por | Resposta Mais
Ritos de Adeus, de Hannah Kent

Ritos de Adeus, de Hannah Kent

Frio, solidão e medo Em Ritos de adeus, seu romance de estreia, Hannah Kent torna palpável a impotência desesperadora de uma condenada à morte O ano é 1828. Na gelada e inóspita Islândia, a jovem Agnes Magnúsdóttir é acusada de matar e queimar dois homens. A brutalidade do crime define sua pena: morte por decapitação. Ela aguarda o dia de sua execução sob o teto de uma família local, obrigada a abrigar a criminosa pelo comissário da região. Agnes vive seus últimos dias à espera, tendo como companhia o frio, o silêncio e o medo – o próprio e o dos outros. A família, horrorizada com a ideia de conviver com uma assassina, trata Agnes com repúdio e indiferença. O que conserva sua humanidade é o trabalho que é obrigada a realizar na fazenda, que cumpre com extrema habilidade, e as visitas do jovem e inexperiente reverendo Tóti, seu conselheiro espiritual.

May 25, 2014 | Por | Resposta Mais
Reparação, de Ian McEwan

Reparação, de Ian McEwan

Na tarde mais quente do verão de 1935, na Inglaterra, a adolescente Briony Tallis vê uma cena que vai atormentar a sua imaginação: sua irmã mais velha, sob o olhar de um amigo de infância, tira a roupa e mergulha, apenas de calcinha e sutiã, na fonte do quintal da casa de campo. A partir desse episódio e de uma sucessão de equívocos, a menina, que nutre a ambição de ser escritora, contrói uma história fantasiosa sobre uma cena que presencia. Comete um crime com efeitos devastadores na vida de toda a família e passa o resto de sua existência tentando desfazer o mal que causou.

May 25, 2014 | Por | Resposta Mais
A Sombra Do Ditador, de Heraldo Muñoz

A Sombra Do Ditador, de Heraldo Muñoz

Segundo a obra, Augusto Pinochet é lembrado como sinônimo de tirania, crueldade e arrogância. Por 17 anos, governou uma ditadura responsável por cerca de 40 mil vítimas de prisão, tortura, morte ou desaparecimento. Também comandou uma série de reformas que fez do Chile uma das nações mais desenvolvidas da América Latina. Muñoz, testemunha do golpe de Estado de Pinochet, em 11 de setembro de 1973, que derrubou o governo Salvador Allende, conta episódios e apresenta seu material de pesquisa, inclusive documentos secretos, além de entrevistas com personagens envolvidos. Revela o papel dos Estados Unidos no golpe, o apoio direto de Kissinger a Pinochet, os debates entre exilados para organizar a resistência à ditadura e a luta da oposição para dar fim ao regime.

May 24, 2014 | Por | Resposta Mais
O Palácio de Inverno, de John Boyne

O Palácio de Inverno, de John Boyne

Na primeira vez em que alterou o curso da história, em 1915, o então jovem camponês russo Geórgui Jachmenev conseguiu impedir um atentado à vida do grão-duque Nicolau Nicolaievitch, irmão do czar. Esse involuntário ato de bravura acaba por assegurar a Geórgui um lugar de honra na corte de Nicolau II, que o nomeia guarda-costas pessoal do seu filho, o também adolescente Alexei Romanov. Em 1981, agora cidadão britânico e funcionário aposentado da biblioteca do Museu Britânico, o octogenário Jachmenev, enquanto vela pela saúde da esposa Zoia, que vive os últimos estágios de um câncer devastador, deixa a memória flutuar, recordando aleatoriamente os fatos de sua vida, grande parte deles ligados diretamente a eventos históricos que transformaram o séc XX.

May 24, 2014 | Por | Resposta Mais